Como cortar unhas de cães e gatos em casa

Mais do que uma questão estética, cortar unhas de cães e gatos permite a maior mobilidade e limpeza do animal.

Isso porque, quando aparadas, as unhas não ficam presas a cortinas, tapetes e roupas das pessoas.

Além de prevenir o encravamento, sangramento e rachaduras das unhas.

Esses casos podem levar até mesmo a alteração da postura do pet, tendo em vista que ele pode evitar o contato com o chão pela dor.

Dessa forma, é importante sempre cortar unhas de cães e gatos.

Cortar unhas de cães e gatos exige cuidados especiais
Cortar unhas de cães e gatos exige cuidados especiais

Mas, você não precisa levar seu animalzinho em um profissional para fazer o serviço. E, em consequência, ter um custo elevado.

É possível fazer o “petcure” em casa. Porém, é preciso ficar atento e ter cuidado para não cortar a veia que fica dentro da unha.

Caso isso ocorra, pode sangrar e doer bastante. Por isso, confira dicas e recomendações sobre esse processo.

Materiais a serem utilizados

Especialistas indicam que, por volta de dois ou três meses, as unhas dos cães e gatos já podem ser cortadas.

Para esse processo, você deve utilizar alicates próprios.

Eles estão disponíveis para compra em petshops, lojas especializadas para animais e pela internet. Com preço acessível.

Esse acessório é ideal pois tem os tamanhos e formatos específicos que se ajustam as unhas dos pets.

Uma dica é o cortador unha profissional de Wahl. Ele pode ser usado em cães de qualquer porte e raça.

Alicate de unhas para cachorros e felinos
Cortador de unhas para cachorros e felinos

Possui cabo de plástico e lâmina ultra-afiada, com guia de lâmina facilitando o corte.

Além disso, conta com mola de alta resistência, trava de segurança e cortador de unha ergonômico.

No caso dos felinos, também são necessárias tesouras especiais. Eles também devem ter contato com objetos que arranhem as unhas.

Caso contrário, poderão estragar mobílias e cortinas com arranhões.

Passo a passo para fazer o corte

O primeiro passo para cortar unhas de cães e gatos é observar a região entre os dedos, almofadinhas das patas (coxins) e a base das unhas.

Assim, conseguirá checar o tamanho e se estão saudáveis, com pelo desembaraçado e limpas.

Em caso de nós, a recomendação é aparar cuidadosamente com a tesoura.

Da mesma forma que os pelos entre a almofadinha e a ponta dos dedos.

Nos cachorros com a unha branca, por exemplo, dá para ver onde fica a veia, que é a parte cor rosada.

Assim, é mais fácil definir o ponto certo em que deve cortar a unha. Nesse caso, posicione o alicate no ângulo de 45º.

Tenha atenção em sempre manter um espaço para que não corte a parte em que há vasos sanguíneos.

Já nos cachorros com unhas escuras, é mais difícil identificar o local exato em que as veias estão.

Por isso, faça um corte bem pequeno e retome o procedimento após uma semana. Dessa maneira, ficará mais seguro de não machucar seu animalzinho.

Frequência para cortar unhas de cães e gatos

Para cachorros e gatos que vivem em apartamento, a indicação é cortar as unhas mais vezes do que os que passam mais tempo fora de casa.

O cimento, por sua vez, lixa de forma natural as unhas dos animais. Assim, é dispensável o corte frequente.

Como, cada vez mais, os cães vivem em apartamentos ou casas com pisos lisos, não há atrito suficiente para gastar as unhas dos peludos.

Por esse motivo, acabam crescendo com facilidade e arranhando pessoas e móveis.

O ideal é que o animal se acostume a cortar a unha desde filhote.

Ainda que ele não precise, o dono pode apenas simular o corte para que ele se acostume com o procedimento.

O que o deixará acostumado e deixará fazer o corte sem ficar agitado e estressado.

Gostou das dicas? Leia outros artigos sobre o universo pet!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *