Como escolher um capacete de moto ideal

Você sabia que o uso de capacete pode reduzir em até 40% o risco de morte em acidentes envolvendo motos? Então por que não escolher o capacete ideal para você utilizar no dia a dia?

O capacete é um dos acessórios de maior relevância que deve ser utilizado pelo motoqueiro, seja qual for a distância ou o tipo de moto que você tem.

Isso mesmo, não tem essa de moto mais adequada. Use o capacete independentemente do modelo da sua moto.

O capacete é usado para prevenção e não escolhe riscos maiores ou menores.

E esse post vai te ensinar como escolher o capacete de moto ideal. Você sabe?

Pois se sabe ou não, é importante sempre se manter atualizado quanto a esse assunto.

capacete de moto

6 dicas para escolher o capacete de moto ideal

#1 Confira o tamanho do capacete

A primeira dica é verificar corretamente o tamanho do capacete. Na hora de comprar, você precisa adquirir um do tamanho certo para não sofrer nenhum tipo de incômodo ou desconforto no trânsito.

Afinal, você pode ter que ficar com aquele acessório durante muito tempo. Imagina só, comprar um capacete que não tem o tamanho ideal para você e ter que usar mesmo assim porque não tem como trocar naquele momento e precisa utilizar a moto.

O capacete em tamanho ideal não pode ser nem menor, para que fique muito apertado, ou maior, para que fique largo e batendo.

Além disso, um capacete muito frouxo pode sair da cabeça em um possível acidente e não terá nenhuma utilizada para a hora do impacto.

#2 Verifique a qualidade do capacete

Essa dica traz um fator fundamental para a hora que você for escolher o seu capacete ideal: a qualidade do material e a resistência que ele terá.

Fique muito atento a esse ponto na hora que for comprar o seu. Isso porque a função do capacete é proteger e, dessa forma, precisa ser composto e feito com materiais de qualidade.

Um dos capacetes mais em conta e fácil de encontrar é o ABS, que oferece uma boa proteção para a cabeça e é aprovado nos testes de resistência. Entretanto, esse modelo é um dos menos oferece proteção a fortes impactos.

Outro fator é que os modelos ABS tem um material que sua característica é o efeito mola. Com isso, quando bate no chão acaba quicando repetidas vezes, como uma bola.

Os de fibra sintéticas geralmente são mais caros, porém oferece uma resistência bem maior e a sua qualidade é garantida.

São encontrados em fibra de vidro ou fibra de carbono. Também tem como característica o fato de serem mais leves e confortáveis.

#3 Cinta jugular

Além de definir o tamanho e a qualidade, você precisa ficar atento à cinta jugular do capacete. Certifique-se de que ela está bem posicionada, que não está desgastada e tampouco prejudicada.

Ela é essencial e funciona como uma regulação para manter o capacete preso, principalmente em possíveis acidentes. Evita que o capacete saia com facilidade em impactos grandes, mesmo se estiver bem ajustado.

Você poderá optar pela cinta com fecho micrométrico ou uma cinta com anel duplo. A primeira é considerada bem mais prática no quesito afivelar e desafivelar.

Mas, a outra é considerada mais segura pelo fato de não soltar tão facilmente, mas é um pouco mais complexa de início.

#4 Aprovação em testes

Os capacetes também são acessórios testados e aprovados por empresas confiáveis, devendo as marcas garantir a segurança dos clientes para poder colocá-los a venda.

Por isso, verifique se o capacete que você irá adquirir foi aprovado em testes.

Como verificar isso? Você pode pesquisar na internet ou até mesmo perguntar ao vendedor.

Além disso, você pode verificar se eles constam do adesivo da resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contram), que são geralmente colados nas laterais e nas traseiras dos capacetes. 

E lembre sempre, além do capacete ser obrigatório, a Resolução 453 de 2013 da legislação do Contram determina que é obrigatoriedade do condutor e do passageiro estar utilizando capacetes certificados por organismo acreditado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

capacete com viseira

#5 Viseira

Todo capacete de moto ideal tem que vir com viseira. O uso dela também é obrigatório e muito cobrado pelas autoridades, por motivos de segurança.

Nesses casos, opte por capacetes com viseiras de materiais resistentes, de plástico grosso e com tratamento anti risco. Além de conferir se elas podem ser removidas e substituídas caso sejam danificadas.

#6 Custo benefício

Por último e após analisar todas as dicas acima, confira o custo benefício na hora de escolher comprar o capacete de moto ideal. Faça uma boa pesquisa.

Analise o seu orçamento e coloque na balança o quanto você pode gastar. Isso porque tem capacetes de preços variados e, às vezes, do mesmo modelo com preços diferentes, variando itens específicos.

Além disso, não deixa de fazer a manutenção, higienizá-lo sempre e cuidar do seu capacete. Evite com que que arranhe com facilidade e fique difícil de utilizá-lo por muito tempo. Faça com que ele tenha uma grande durabilidade.

Gostou das dicas? Você está em busca de um capacete de moto ideal? Não vá agir por impulso e comprar o primeiro que ver pela frente. Escolha com calma. E depois, conte pra gente se essas dicas te ajudaram. Pilote sempre com segurança!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *