Como fazer a transição da fralda para o troninho

Como dar tchau para a fralda do seu bebê e começar uma nova fase com ele? Essa é uma pergunta para a qual muitas mamães e papais buscam resposta. Afinal, fazer a transição para o troninho não é fácil.

Mas, calma lá. Embora não seja fácil, ela também não é impossível e você só vai precisar de um pouco de paciência e estratégias para que isso não tire a sua paz.

E essa tarefa pode ser até divertida em alguns casos, se você levar tudo com tranquilidade e pensando sempre que o seu filhote precisa de muita ajuda nessas fases iniciais.

Pensando nisso, o Blog do Você resolveu trazer algumas dicas e tentar explicar como pode ser fácil fazer essa transição da fralda para o troninho. Vamos lá?

criança no troninho

Em primeiro lugar, ele está pronto para essa troca?

Antes mesmo de você começar qualquer transição a pergunta que você precisa responder é: o meu filho está pronto para essa troca?

Isso mesmo, não adianta você traçar várias estratégias e se esforçar para que essa nova fase aconteça, o seu bebê precisa estar pronto para isso. Será ele que vai sentir mais essa mudança e será ele, também, que dirá a você se está pronto ou não.

Muitos papais e mamães cometem dois erros com os filhos nessa fase:

  1.  fazer a transição muito precoce, achando que a fralda deve ser retirada o quanto antes. Isso tudo muito por falta de paciência e por não gostar de trocar o tempo todo.
  2.  fazer a transição tarde demais, postergando essa mudança e parando no tempo. Tem muita gente que fica preso na síndrome do meu filho será bebe eternamente, mas não é assim que funciona.

Para que nenhum desses dois erros aconteçam, você precisa estar atento aos detalhes que seu filho demonstra.

Você precisa acompanhar as mudanças que ele está tendo e o desenvolvimento que ele terá, como tempo. É errado, talvez, cravar uma idade ou fase da vida exata que essa transição precisa acontecer. Afinal, cada criança tem o seu tempo e reagirá de uma forma.

A análise deve ser feita por cada pai e mãe, percebendo se ele demonstra, por exemplo:

  • toda hora cutuca e coça a fralda querendo tirar
  • prende ou segura o xixi e cocô por mais tempo
  • já começou a avisar quando está fazendo xixi ou cocô
  • está acordando com a fralda seca e já sabe se controlar
  • tenta ou já tira a própria fralda sozinho

criança com fralda na cama

4 dicas para fazer a transição da fralda para o troninho

Agora que você já descobriu quais são os sinais que demonstram se o seu filhote está pronto para essa mudança, vamos te dar algumas dicas para realizar essa troca.

Mas, assim como nas dicas anteriores, as próximas também são muito relativas.

Ué, como assim?

Isso mesmo, para aplicá-las você precisa entender e acompanhar o desenvolvimento do seu filho e como ele reage a algumas mudanças. Ah, podemos até dizer que essa é a primeira dica ou uma dica bônus.

O seu bebê estará pronto se você estiver pronto. Você já parou para pensar nisso: o quanto você precisa estar preparado para executar essa mudança junto com ele?

#1 Cuidado, vai devagar!

Toda troca e mudança com crianças precisa ser feita com cautela e aos poucos. Isso mesmo, não dá para acelerar nada ou obrigar que seja no seu tempo, pode ser pior.

Se você ainda não tem um troninho em casa, por que não leva ele para escolher ou esteja com ele perto na hora de comprar. Explique pra ele o que é e como funciona.

Deixa ele participar dessa nova aquisição, que será dele. Apresente a ele o banheiro e fale que o troninho ficará ali, que ele tem um lugar reservado e qual será o local onde jogará o xixi e o cocô quando terminar.

#2 Use exemplos

Compreenda a rotina dele antes de fazer a troca de fato. E para isso, tente usar exemplos para que ele possa entender como funciona.

Quando ele perceber e ver que outras pessoas não usam fralda e fazer o xixi e cocô em outro lugar ele vai se sentir mais motivado. Ver pessoas da mesma idade ou dentro de casa, como irmãos e primos pode ajudar.

#3 Escolha começar pelo dia

Quando você for fazer a troca, escolha desfraldar ele de dia, pois é mais fácil dele se acostumar. Às vezes, a noite ele pode se sentir mais inseguro e vai precisar se acostumar com mais tempo.

Além disso, se você puder escolha uma estação do ano que seja mais propícia para essa mudança, como épocas mais quentes. No frio, escapar o xixi pode ser mais fácil e vai deixar ele bem desconfortável e inseguro.

#4 Evite dificuldades

Como essa transição é nova e tudo vai ser novidade para o seu filho, evite dificultar. Tente sempre utilizar roupas leves e confortáveis.

Evite colocar, cuecas, calcinhas, shorts que sejam apertados demais e difíceis de retirar em uma hora de correria. Procure sempre facilitar a vida do seu filhote com roupas leves, com botões ou velcros fáceis de retirar ou que ele mesmo possa e saiba tirar.

Quando ele estiver pronto e você perceber que o desfralde diurno foi um sucesso, comece o desfralde noturno. Você vai precisar analisar cada passo e identificar quando ele está pronto para dar o próximo passo.

Esteja atento e preparado. Essa será uma mudança que afetará, também, a sua rotina diária e você precisará de paciência para não se estressar fácil e passar para ele insegurança.

E aí, gostou dessas dicas? Esse conteúdo te ajudou? Você quer saber, também, o que é e para que serve a fralda de boca? A gente tem algumas dicas importantes!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *