Coronavírus: qual máscara usar?

A pandemia do novo Coronavírus fez com que um novo acessório virasse carta marcada no rosto de todo brasileiro. As máscaras de proteção são essenciais e precisam estar no lugar certo e o tempo todo, em locais públicos.

Mas você sabe quais são os tipos de máscaras que existem, como usar e para que usar?

Essa pergunta é importante para que você não use apenas por “modinha”, mas sim consciente de que é um ato de prevenção e generosidade, sobretudo de empatia.

Isso porque a máscara não previne somente você, mas também o outro que está no mesmo espaço. Viu como logo no começo desse texto você já achou um motivo muito especial?

Existem dois tipos de máscara. Saiba quais são! 

Você sabia que existem dois tipos de máscara de proteção? Isso mesmo, durante esse período de pandemia é muito provável que já tenha visto pessoas utilizando os dois modelos.

A primeira são as máscaras de proteção de uso não profissional, que são as mais comuns durante a pandemia. Essas mesmos, de pano e customizadas que você provavelmente tem mais de uma em casa.

A outra é a máscara cirúrgica, que também foi adotada durante a pandemia. Essa segunda opção é mais escolhida para uso rápido, emergências ou por profissionais da saúde. Ela não é reutilizável e precisa ser descartada após a primeira e única utilização.

Há, também, um terceiro modelo – mas que você não deve ver muito por aí durante a pandemia. Este é um equipamento de proteção respiratória, que por muitos é usado como máscara. Mas ele é muito mais considerado um respirador do que uma máscara por si só.

pessoa com mascara de protecao

Você conhece a máscara N95? 

A máscara N95 é uma proteção respiratória que tem maior capacidade de filtração. Ela retém partículas que a própria máscara cirúrgica comum e descartável não consegue.

Nas indústrias, ela é utilizada e recomendada para profissionais atuantes com materiais de vapores tóxicos.

A Anvisa indica que a máscara N95 tem uma eficácia mínima de 95% de partículas de até 0,3 micron. A mesma Anvisa, no entanto, indica que essas máscaras sejam priorizadas para profissionais da saúde, em caso de falta no mercado.

Para o uso dessa máscara, tenha todos os cuidados necessários, principalmente de higienização. Recomenda-se que ela não seja utilizada, portanto, por mais de duas horas ou até que a pessoa sinta que ela está úmida.

A Anvisa recomenda que ela seja descartada e não podem ser lavadas, uma vez que perderão a capacidade de filtração.

Máscaras caseiras são eficazes? 

A resposta sincera é não. As máscaras caseiras de tecido não são 100% eficazes, mas mesmo assim a sua utilização é recomendada no período da pandemia. 

Além disso, não basta utilizar, mas escolher uma que seja do modelo certo, se encaixe bem no seu rosto, seja confortável para não machucar e também boca e nariz.

Utilizar a máscara com o nariz destampado não ajuda a prevenir e você está utilizando de uma maneira completamente errada. 

Mesmo utilizando a máscara caseira, você precisa tomar todos os demais cuidados. Lave as mãos de forma constante e evite tocar as regiões do olho, boca e nariz.

Ah, e mesmo com a máscara no rosto, evite a aglomeração em locais públicos ou andando na rua. 

O que acontece é que as máscaras de tecido que fazemos em casa não têm aquelas tramas fechadas que são suficiente para barrar as chamadas pequenas partículas do ambiente. Mas, de certo modo, elas ajudam a impedir que partículas maiores entrem no organismo. A prevenção é parcial.

Evite, também, ficar ajeitando o tempo todo o acessório. Uma vez colocada a máscara, deixe ela no rosto e na mesma posição, até retirá-la para lavar.

mascara de proteção

Como fazer uma máscara caseira de forma rápida? 

Atualmente, o comércio em toda parte está vendendo máscaras de proteção de todos os tipos e modelos. Das mais básicas até as personalizadas, você consegue encontrar a de sua preferência.

Mas, se você quiser evitar sair de casa e tentar passar o tempo durante a quarentena, saiba que é possível fazer e customizar a sua própria máscara.

Quer saber como? Veja abaixo um passo a passo! 

Com uma camiseta

Pega uma peça de roupa e faça marcações retas, na altura da gola até a altura embaixo do braço, curando as duas pontas.

Feito isso, pegue um alfinete e coloque no meio da parte inferior para que segurar as duas partes do tecido cortado.

Agora, coloque um papel entre as duas camadas e amarre a alça superior ao redor do rosto por cima das orelhas. Por fim, amarre a alça inferior bem na direção do topo da cabeça.

Com um pedaço de tecido

Quem tiver um pedaço de tecido utilizável, primeiro precisa lavá-lo e deixar completamente higienizado. Você pode recorrer a um pano feito de algodão ou TNT.

Primeiro, faça um molde em papel com uma forma medindo 21 centímetro de altura e 34 centímetro de largura. Verifique se o tamanho desse tecido cobre tanto nariz quanto boca.

O próximo passo é dobrar o pano pelo menos uma vez no meio. O objetivo é deixar duas faces, de preferência que tenham o mesmo tamanho.

Agora, prenda e faça uma costura para ter um elástico preso em ambas as extremidades.

Gostou das dicas? Já garantiu a sua máscara de proteção? Saiba como lavar as mãos corretamente e fique por dentro de todas as regras de proteção.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *