Qual é o prazo de validade de um travesseiro?

De acordo com o dicionário, a palavra validade quer dizer “período de tempo dentro do qual um produto pode ser consumido”. Você sabia que até os travesseiros têm um prazo de validade a ser respeitado? Descubra qual é e como identificá-lo.

O travesseiro é um objeto muito importante na vida de qualquer pessoa. Engana-se quem pensa que é apenas um objeto para apoiar a cabeça na hora de dormir.

Ele é essencial e vital para a saúde.

prazo de validade de um travesseiro

Imagina só, após um cansativo e exaustivo dia de trabalho, uma rotina agitada, estresse e muito barulho, desconforto e muito mais. O que você mais quer? Descanso!

Você chega em casa e se prepara para mais uma noite de sono. Aquela noite perfeita, com oito horas bem aproveitadas, dormidas com descanso e sem nenhuma preocupação.

Mas e se o seu travesseiro não estiver adequado, será que você terá a noite de sono que merece e deseja?

Se for bem utilizado e dentro das condições, o travesseiro colabora para o alinhamento da coluna cervical com o tronco, além de permitir a circulação sanguínea. Ele ainda realiza estímulos elétricos do cérebro para o corpo.

Utilizar um travesseiro nas condições corretas é essencial para evitar dores nas costas e na coluna, sejam elas momentâneas ou para o futuro, pode até ser algo crônico.

Ele ainda aumentará a qualidade do seu sono, e o melhor, a qualidade da sua vida.

Travesseiros têm prazo de validade de dois anos

O tempo que um travesseiro deve durar na sua cama é de até dois anos, segundo especialistas da área da saúde. Caso esse prazo se prolongue por muito tempo, poderá ser prejudicial para a sua saúde.

Esse é o tempo recomendado para que o objeto não acumule tantos ácaros. Isso porque um travesseiro que não tem proteção antiácaros pode acumular mais de 200 mil em seis meses. O prejuízo para a saúde pode ser enorme.

Esse prazo ainda pode ser estendido por mais um ano, chegando a três. Mas não é recomendado prolongar por tanto tempo ou deixar até os últimos dias para pensar em trocar o travesseiro.

É importante pensar na substituição do seu objeto devido à grande possibilidade de contaminação. Por mais apegado que você seja ao seu travesseiro, ele não é uma boa fonte para vida saudável.

Confira as consequências que um travesseiro com validade expirada pode trazer:

  • conjuntivite
  • eczema
  • sensação de peito fechado à noite
  • espirros
  • alergia atacada
  • coceira nas mãos ou na face
  • bloqueio na respiração
  • asma

Qual é o modelo ideal de um travesseiro?

Essa é uma pergunta com uma resposta incerta. O tipo ideal de um travesseiro depende do biotipo da pessoa e da posição que ela mais usa para dormir.

validade do travesseiro

Isso porque a função do objeto é a de preencher o espaço entre a cabeça e o colchão, com conforto e prezando pela saúde.

Um travesseiro correto é aquele que não é muito alto, mas também nem baixo demais, que tenha uma altura regular.

O correto é que o travesseiro tenha uma altura razoável ao ponto de manter o pescoço alinhado à coluna cervical. O tipo a ser escolhido vai variar bastante conforme o gosto e a posição que a pessoa usa para dormir.

São vários os modelos de travesseiro. Há aqueles com espumas, com atuação antialérgica, tem os chamados espumas de memória, tem aqueles com fibras mais flexíveis, de espuma, de plumas, de penas, de algodão, de poliéster, de látex e outros.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *